A avaliação por pares é amplamente reconhecida como uma das etapas mais importantes da comunicação científica, pois tem a função de assegurar a validade, qualidade e credibilidade da pesquisa. É também, no entanto, a etapa mais lenta do processo de publicação, podendo demandar de poucos meses a alguns anos, se considerarmos que o artigo pode não ser aceito no primeiro periódico a que foi submetido.

Alguns pesquisadores, entretanto, não veem com bons olhos uma competição entre periódicos e preprints. Se as bibliotecas universitárias desistirem de assinaturas de periódicos em favor de preprints, os periódicos, em represália, podem revogar sua permissão para usá-las, forçando os cientistas a fazer uma escolha difícil.

Veja a matéria completa em: SciELO em perspectiva –  Saiu no NY Times: Biólogos se rebelam e publicam diretamente na Internet

Responda nossa enquete:

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s